terça-feira , 12 dezembro 2017
Home / Bem Estar / SEDENTARISMO em alta, você faz parte disso?

SEDENTARISMO em alta, você faz parte disso?

 

O IBGE acaba de publicar uma pesquisa, que para muitas pessoas não é relevante, mas para outras é assustadora, só que isso já vem sendo debatido a muito tempo com repercussão nacional, pois os índices continuam parados.

Foi a primeira vez que o IBGE questionou a população sobre a prática de esporte e atividade física. Esta pesquisa foi realizada em parceria com o Ministério do Esporte e essa pesquisa permitiu identificar que atividade foi praticada, o local e a frequência do exercício físico.

Segundo o levantamento, 57,3% das pessoas entre 15 e 17 anos que não praticaram esporte não o fizeram porque não gostavam ou não queriam. “Isso se deve pela falta de hábito durante a infância, sabemos que nessa fase inicial precisa de um estímulo da família para que as crianças façam atividade física e o corpo se acostume e sinta falta de  estar em movimento ao longo da vida”, disse Maria Lucia Vieira, gerente da pesquisa.

Fazendo uma reflexão  sobre hábitos saudáveis, podemos destacar a melhora de qualidade de vida das pessoas, que com a pesquisa também foi revelada este fato. Melhorar a qualidade de vida ou o bem-estar foi o principal motivo apontado por aqueles que decidiram fazer alguma atividade física, segundo a pesquisa do IBGE. Cerca de 40,2% das pessoas com 15 anos ou mais de idade citaram essa motivação. Outros 24,7% queriam elevar o desempenho físico. Em 2015, 24% das pessoas de 15 anos ou mais de idade (38,8 milhões) praticavam esporte e 17,4% (28,1 milhões), atividade física. Parte desse contingente realiza as duas atividades.

Entre as atividades físicas citadas, a caminhada foi adotada por 49,1% das pessoas que se exercitaram. A segunda modalidade mais preferida era a academia (16,8%) e, depois, a musculação e culturismo (6,1%). Outras respostas foram: andar de bicicleta (6,1%), corrida (4,2%), futebol (5,2%) e outras atividades físicas (11,4%), entre elas lutas, dança e vôlei.

Pesquisas são feitas o tempo todo, e cabe a cada pessoa escolher qual lado ficar, o destaque é que mais de 50% da população brasileira é sedentária, e entre os motivos que as pessoas que revelaram que não fazem nada está a falta de tempo e a baixa renda, pensando estas duas “desculpas”, as pessoas buscam por prioridades.

Motivo 1: “falta de tempo”
Vamos começar com a frase do Dr. Lair Ribeiro “Se você não tem tempo para cuidar da sua saúde, terá que encontrar tempo para cuidar da sua doença” E aí qual sua decisão???
Um dia tem 24 horas, você não encontra tempo para cuidar da sua saúde por ter dias corridos? E se você se planejar e colocar 15 minutos do seu dia como prioridade para fazer qualquer tipo de exercício, seja até mesmo uma meditação.
Somando 15 minutos diários, por pelo menos 3 vezes por semana, já deu 45 minutos por semana, pouco né?
 
Motivo 2: “baixa renda”
Em Curitiba temos mais de 200 academias ao ar livre que possibilitam atividades gratuitas, temos diversos parques, temos vários projetos sociais com aulas gratuitas, temos também grupos em igrejas, grupos em hospitais, grupos em empresas, todos oferecendo gratuitamente atividades.
E pensando em baixa renda, temos academias com planos acessíveis.
Alguns exemplos – MÉDIA: Uma pizza com 8 pedaços: R$ 40,00. Um jantar médio em casal R$ 120,00. Um remédio para dor nas costas R$ 22,00. Uma calça jeans R$ 100,00.
E uma mensalidade de ACADEMIA em média de R$ 70,00 a
R$ 300,00 POR MÊS e não por dia. Será mesmo que você não tem esse valor para investir em você?
 
Quanto vale sua saúde? Não conseguimos definir em valor, mas espero que você reflita e aproveite que hoje é SEGUNDA-FEIRA, dia de decisões. E encontre um tempo pra você.
 
Calcule quanto vai ganhar de disposição pra cuidar da sua família, pra correr atrás dos seus sonhos ou até mesmo pra ter forças nas pernas pra levantar da cama.
ACORDA QUE AINDA DÁ TEMPO!!!!
 
Eu incentivo a sua saúde…Bora ser feliz e saudável…..

 

 

Sobre Giselle Suardi

Giselle Suardi
Giselle Suardi é formada em Educação Física desde 2005, com Pós Graduação em Psicomotricidade na Educação, com amplo conhecimento nas áreas de Educação e Desenvolvimento Humano.

Verificar também

MINUTO COM A COACH

Hoje iniciamos a série “Minuto com Coach” com a Maria Almeida Garcia da NeoplanRh dá …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *